Lista das Séries Cancelas em 2013

Adoro acompanhar seriados, acredito que os personagens ao longo dos anos se tornam nossos “amigos”. Comentamos sobre as escolhas deles, os relacionamentos, o comportamento etc. Quanto mais o seriado gera assunto e indagações, melhor é o trabalho do roteirista. Claro, os atores têm o seu desempenho e charme, mas é o enredo, os diálogos e as situações que nos prendem.

O pior é que normalmente nem sabemos quem escreve os episódios, apenas os realizadores de todo aquela ideia. Durante sete anos, acompanhei admirada os diálogos longos e rápidos de Gilmore Girls, escritos, na maioria das vezes, por Amy Sherman-Palladino, no entanto, nunca assistir um capítulo se quer de Bunheads, seu novo seriado.

Todo ano é a mesma coisa. Será que a “minha” série será renovada? Felizmente, todas as que eu assisto seguem forte e firmem para a próxima temporada. Por outro lado, a próxima season será a última de How I Met Your Mother. Atualmente, assisto 14 seriados e todos eles permanecem na programação, pelo menos, até o próximo ano.

Contudo, a lista abaixo apresenta as séries oficialmente canceladas, que foram tiradas do ar ou finalizadas com uma última temporada anunciada anteriormente.

– 1600 Penn
– 30 Rock (7ª temporada é a última)
– 666 Park Avenue
– 90210 (5ª temporada é a última)
– Animal Practice
– Beaver Falls
– Ben and Kate
– The Big C (4ª temporada é a última)
– Body of Proof
– Breaking Bad (5ª temporada é a última)
– Buckwild
– The Cleveland Show (4ª temporada é a última)
– CSI: NY
– Cult
– Deception
– Do No Harm
– Don’t Trust the B—- in Apt. 23
– Emily Owens, M.D.
– Enlightened
– Family Tools
– Fringe (5ª temporada é a última)
– Golden Boy
– Go On
– Gossip Girl (6ª temporada é a última)
– Guys With Kids
– Happy Endings
– The Hour
– How to Live With Your Parents (for the Rest of Your Life)
– Last Resort
– Leverage (5ª temporada é a última)
– Made in Jersey
– Malibu Country
– Misfits (5ª temporada é a última)
– The Mob Doctor
– Monday Mornings
– The New Normal
– The Office (9ª temporada é a última)
– Partners
– Private Practice (6ª temporada é a última)
– The Secret Life of the American Teenager (5ª temporada é a última)
– Red Widow
– Rules of Engagement
– Smash
– Southland
– Spartacus (3ª temporada, War of the Damned, é a última)
– Touch
– Up All Night
– Vegas
– Whitney
– Zero Hour

Confesso que muitos desses títulos nem cheguei a conhecer e não sei nada sobre. Já outros 13 títulos são conhecidos de todo o público e chegou a conquistar muitos fãs, mas chegam ao fim antes de desagradar seus seguidores.  Apesar de nunca ter assistido, ouvi muito elogios para 30 Rock, Breaking Bad, Fringe e The Office. Provavelmente, algum dia, eu os assistirei.

Fringe chega ao fim após muitos anos de mistérios

No entanto, algumas bombas já vão tarde. Don’t Trust the B—- in Apt. 23 era muito piegas. Piadinhas ridículas e dois péssimos protagonistas: James Van Der Beek – não gosto dele desde Dowson’s Creek – e Krysten Ritter Alyce – odeio as participações dela nos seriados, como em Gilmore Girls.

Outra série terrível era Whitney, interpretada por sua própria criadora Whitney Cummings. Ela é melhor nos bastidores do que em frente as câmeras, tanto que é uma das cocriadoras de 2 Broke Girls, que eu gosto. Sou pouco tolerante com humor escrachado sobre coisas triviais.

A última série cancelada que eu cheguei a ver algum episódio é The New Normal. Criada por Ryan Murphy –  o mesmo de Glee e American Horror Story –, a série sobre um casal homossexual não foi aceita muito bem, talvez porque os protagonistas Justin Bartha e Andrew Rannells não tinham química. 

Outro fracasso com o público foi Go On, a nova tentativa de Matthew Perry na televisão. Após Friends, o ator acumula participações em seriados e produções canceladas na primeira temporada, como Studio 60 (2006) e Mr. Sunshine (2010).

Vale a pena comentar ainda que os dois melhores seriados vigentes são Game Of Thrones e The Walking Dead. São super produções que fazem com que o espectador  se sinta assistindo a um longo filme toda semana, sem cansar.

Anúncios

Sobre Letícia Alassë

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense, Editora e Crítica do blog Centro do Cinema e Translação de Culturas e idealista por convicção. Aos 27 anos tenta descobrir a melhor maneira para viver.

Publicado em 21/05/2013, em Séries e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: