Crônica#2 | O Fundo de Tela do Celular

Olho para foto de plano de fundo do meu celular. Ela me lembra que existe uma incerteza angustiante dentro de mim. A imagem me mostra que eu tinha uma pessoa a minha direita disposta a permanecer ali durante o click da câmera fotográfica e, talvez, por muito mais tempo além do que a fotografia poderia registrar. O sorriso forçado, no entanto, revela a antipatia pela gravação da imagem, de guardar a memória de algo bom, ou mais ou menos, para ser mais fácil quando deixá-lo.

Do outro lado, eu. As minhas mãos apoiadas no seu braço representavam a necessidade de segurá-lo, de mantê-lo ao meu lado, mesmo que a sua vontade fosse outra completamente diferente. Suas mãos penduradas diziam que ele não queria se agarrar a nada nesse mundo, nada que o acorrentasse em algum lugar. Ele já vivia acorrentado, com uma âncora dentro de si mesmo.

Eu abaixo, ele acima. A decisão da foto era minha. A aceitação foi dele. A conclusão é que, se um olhar diz mais do que mil palavras, uma imagem traduz toda uma verdade velada do nosso inconsciente, das nossas próprias mentiras. Cada sorriso forçado ao meu lado era uma felicidade inventada. Uma tristeza guardada até o ponto de explodir e atingir os que estão ao seu redor. Sorrisos falsos conseguem enganar por um tempo, mas não para sempre.

Deleto a imagem do fundo da tela. Coloco uma obra de arte pintada por um desconhecido para esconder o desespero do que querer mostrar ser, antes de realmente ser. A fotografia se tornou um troféu nos tempos atuais em vez de uma lembrança. Apago as incertezas e as interpretações pungentes, decido viver cada momento. A fotografia, afinal de contas, é apenas um segundo de uma longa caminhada. Pode significar algo ou nada.

Anúncios

Sobre Letícia Alassë

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense, Editora e Crítica do blog Centro do Cinema e Translação de Culturas e idealista por convicção. Aos 27 anos tenta descobrir a melhor maneira para viver.

Publicado em 29/04/2015, em Crônicas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: