Projeto Scar – Câncer de Mama Não é Uma Fitinha Rosa

Tudo pode ser transformado em arte. É o que prova o fotógrafo americano David Jay, criador do “Scar Project”, que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre o câncer de mama através do choque. A partir de fotos de mulheres que passaram com sequelas por essa situação, o artista explora que a doença pode ser terrível, mas apesar de tudo, a vida continua.

A sua principal bandeira é contra as campanhas em que inúmeros sites são decorados com banners exibindo um lacinho rosa, símbolo do combate ao câncer, como a “Outubro Rosa”. Portanto, o “Scar Project” foi criado em oposição a esse tipo de iniciativa “bonitinha” e busca mostras realmente os resultados da cirurgia para a retirada de mama, na maioria das vezes necessária para liquidar o tumor.

Jay fotografou cerca de 100 mulheres, acima de 18 anos, expondo o seu corpo e cicatrizes após cirurgia. As imagens são ao mesmo tempo chocantes e delicadas, tristes e bonitas, no entanto, não seguem o sensacionalismo barato. O trabalho não pretende gerar polêmica, mas retratar o câncer de mama de forma crua e realista. Para conhecer mais sobre o projeto acesse o site.

Veja algumas das fotos de David Jay: 

Anúncios

Sobre Letícia Alassë

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense, Editora e Crítica do blog Centro do Cinema e Translação de Culturas e idealista por convicção. Aos 27 anos tenta descobrir a melhor maneira para viver.

Publicado em 06/09/2012, em Artes e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: